Estudantes protestam contra Código Florestal em frente ao Congresso

Os manifestantes fazem encenações vestidos de palhaço e gritam ameaçando tirar a roupa

Rosa Costa, O Estado de S. Paulo

23 Novembro 2011 | 14h22

BRASÍLIA - Estudantes que se dizem integrantes do Comitê Universitário de Defesa das Florestas protestam em frente ao Congresso nesta quarta-feira, 23, contra o projeto do Código Florestal que está sendo examinado na Comissão de Meio Ambiente do Senado.

 

Com batucada, gritos e exibindo faixas achacando a senadora Kátia Abreu (PSD-TO), presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), eles interromperam o trânsito em frente à chapelaria, principal ponto de acesso à Câmara dos Deputados e Senado.

 

Os manifestantes fazem encenações vestidos de palhaço e gritam ameaçando tirar a roupa em represália à proibição de entrarem no prédio. "Deixa eu entrar no Senado ou eu vou ficar pelado", dizem eles, vigiados por policiais legislativos e da Polícia Militar.

 

Iniciada às 10 horas, a votação do parecer do relator do código, senador Jorge Viana (PT-AC), pode ser adiada, em decorrência do desentendimento sobre a recomposição de Áreas de Preservação Permanente (APP). O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) e outros parlamentares pediram, na noite de terça-feira, o adiamento, para que possam se inteirar dos acordos firmados, entre os relatores e representantes do governo, e a respeito das emendas apresentadas ao texto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.