J.P. Moczulski/Reuters
J.P. Moczulski/Reuters

Estados Unidos, Canadá e México criam nova parceria sobre clima

Grupo de trabalho não inclui metas obrigatórias, mas reforça cooperação e integração de políticas mais sustentáveis e limpas

Mike de Souza, Reuters

26 Maio 2015 | 08h20

OTTAWA - Ministros de Energia da América do Norte anunciaram nesta segunda-feira, 25, a criação de um grupo de trabalho sobre as alterações climáticas e energia, em parceria projetada para ajudar Canadá, Estados Unidos e México a harmonizar políticas. 

A parceria não inclui metas obrigatórias, mas vai reforçar a cooperação e integração das políticas relacionadas às mudanças climáticas entre os países, disse o ministro canadense dos Recursos Naturais, Greg Rickford. 

Todos os três governos afirmaram que vão priorizar o trabalho conjunto das questões, incluindo a eficiência das redes de eletricidade, buscando novas tecnologias de energia limpa e alinhando os regulamentos para controlar as emissões do setor de petróleo e gás. 

O acordo ocorre em um momento em que o governo conservador do Canadá e o governo Barack Obama ainda mantêm diferenças em um prolongado processo de revisão do oleoduto Keystone XL proposto pela TransCanada e que ligaria a região de areias betuminosas de Alberta à costa do Texas, no Golfo do México. 

Grupos ambientalistas fizeram uma campanha agressiva contra o projeto, argumentando que aceleraria as emissões de gases do efeito estufa. 

O governo do Canadá tem criticado os Estados Unidos por adiar a decisão, enquanto que o presidente norte-americano, Barack Obama, questionou os benefícios econômicos do projeto, indicando que não vai aprová-lo caso agrave o aquecimento global.

Mais conteúdo sobre:
Clima Estados Unidos México Canadá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.