Nacho Doce/Reuters
Nacho Doce/Reuters

'Continuamos de olho', diz Gisele a Temer após vetos de MPs sobre florestas

Modelo agradeceu o presidente, mas manifestou preocupação sobre projeto de lei que pode por em risco proteção florestal

O Estado de S.Paulo

20 Junho 2017 | 19h34

A modelo Gisele Bündchen se manifestou nesta terça-feira, 20, pelo Twitter sobre o veto do presidente Michel Temer às Medidas Provisórias (MPs) que reduziriam a proteção em áreas florestais da Amazônia. "Continuamos de olho", disse ela aos seguidores depois de agradecer o presidente. 

 

O presidente Michel Temer vetou integralmente na segunda-feira, 19, a Medida Provisória (MP) 756 e itens da MP 758, que reduziam a proteção em áreas florestais da Amazônia. No dia 13 de junho, a modelo havia feito em apelo por meio do Twitter para que Temer vetasse as MPs. O presidente, então, anunciou sua decisão em uma mensagem a Gisele. 

No texto compartilhado nesta terça-feira, a modelo demonstra preocupação de que um projeto de lei ofereça riscos à proteção ambiental. "Embora o veto das MPs tenha sido uma vitória e tenha evitado a redução de florestas na Amazônia e Mata Atlântica nesse momento, o risco ainda poderá voltar na forma de Projeto de Lei (PL). Não podemos aceitar retrocessos nas políticas socioambientais do nosso país, seja em forma de MPs ou PL. Pois a nossa vida depende da saúde do nosso planeta".

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.