Caderno do ‘Estado’ ganha prêmio Allianz de jornalismo

O caderno A Sangria do Capital Verde – Desafios do Novo Presidente, publicado pelo Estado em 1.º de setembro, venceu ontem o Prêmio Allianz Seguros de Jornalismo, no tema especial de Sustentabilidade/Mudanças Ambientais, na categoria Linguagem Escrita – Mídia Impressa e Online Nacional e Regional.

10 Novembro 2010 | 12h12

 

O caderno apresentou os desafios e problemas que o novo presidente enfrentará em relação à área ambiental e as possíveis soluções, destacando que o tema deveria ser mais explorado na campanha eleitoral que se realizava. Entre os assuntos debatidos estavam as queimadas no Brasil, o avanço da urbanização das margens do Rio Paraíba do Sul e a obra de um porto que ameaça o encontro das águas dos rios Negro e Solimões, no Amazonas.

 

Foram responsáveis pelo especial os jornalistas Luiz Fernando Rila, Mariangela Hamu e Luciana Constantino, coordenadores da série Desafios do Novo Presidente, e na edição, Sergio Pompeu e Herton Escobar, além de coautores.

 

A Sangria do Capital Verde foi uma das 1.047 reportagens inscritas no prêmio. Na categoria Linguagem Escrita – Mídia Impressa e Online Nacional e Regional concorreram 510 trabalhos. Desses, 5 chegaram à final. Além de A Sangria do Capital Verde, foram finalistas Elos Perdidos, da revista Brasil Sustentável; Crescimento Zero é Bom?, da revista Época Negócios; Desafios para o Semiárido, do Diário do Nordeste; e No Topo do Mundo, do jornal Valor Econômico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.