Cuide de suas flores para combater o estresse

Lucia Damico

23 Março 2012 | 16h12

A empresária Adriane Kratz mora em Cunha Porã, município do extremo oeste de Santa Catarina que tem pouco mais de 10 mil habitantes e fica na região de Chapecó, a 631 quilômetros de Florianópolis. Uma simpática cidade do interior com tudo para ser o refúgio de quem não aguenta mais a velocidade sempre acelerada das grandes metrópoles.

O problema é que a evolução da tecnologia e o nascimento da internet acabaram com as distâncias. Sendo assim, esta empresária continua trabalhando muito e vivenciando todos os problemas do escritório, ainda que de forma virtual. O resultado disso é bastante real: estresse.

E foi em um dia normal de trabalho, talvez por acaso, que Adriane descobriu nas plantas e flores uma forma de combater esse estresse. “As plantas andavam abandonadas na minha casa porque não dá tempo de cuidar delas. Aí minha mãe (Hilda Kratz, de 81 anos) me pediu para comprar uns vasos que ela queria arrumar as flores”, conta. “Comprei vários vasos novos, um saco de terra para flores e me aventurei. Foi uma delícia, elas ficaram lindas e eu bem mais calma. Para acabar com a irritação, nada como plantar flores e trocar vasos”.

Adriane não poderia estar mais correta.


Cuidar de flores e plantas é uma das atividades mais recomendadas para o combate ao estresse, segundo a psicóloga Marilda Lipp, diretora do Centro Psicológico de Controle do Estresse, que fica em Campinas, interior de São Paulo. “Estudos comprovam que colocar a mão na terra, na planta, na flor, manter o contato direto com a natureza, tudo isso nos dá uma sensação de plenitude emocional”, explica.

“Um indivíduo estressado está com as funções vitais desreguladas. As batidas do coração, a digestão, a respiração, tudo está fora de compasso. Dedicar-se ao cultivo das plantas e ao tratamento das flores ajuda na homeostase, no alcance do equilíbrio”, completa a psicóloga.

De acordo com Marilda Lipp, até mesmo fotos de plantas e flores auxiliam, mas ela faz um alerta. “Essas técnicas são coadjuvantes para tratar o problema, porque a causa do estresse precisa ser resolvida. A falta de dinheiro, o excesso de trabalho e todas as situações que provocam o estresse não deixam de existir porque você plantou uma rosa”.

Agora você já sabe. Não se entregue ao estresse. Cuide de suas plantinhas e de suas flores com todo o carinho e tenha uma vida muito mais equilibrada.

Adriane Kratz ficou tão orgulhosa, que me mandou as fotos de suas flores e plantas. Confira abaixo como elas ficaram lindas.

Curta Flores de Lulu no Facebook
Siga o @FloresdeLulu no Twitter
Mande críticas e sugestões para floresdelulu@gmail.com