IRMÃ DOROTHY 2
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

IRMÃ DOROTHY 2

Dener Giovanini

06 Setembro 2011 | 16h41

Estive na cidade de Anapú, no interior do Pará no ano passado. Fui gravar uma matéria para a série Ecos do Brasil, que apresentei no Canal Futura no início desse ano. Mesmo passados mais de 5 anos do assassinato da irmã Dorothy, foi difícil encontrar na cidade alguém que se dispusesse a falar sobre o crime. Era evidente o clima de medo da população local. E não é para menos: desde o primeiro momento em que cheguei na cidade, com a equipe de produção, fomos seguidos, fotografados e observados por pessoas com caras de poucos amigos.  Quando retornamos para Altamira, a pouco mais de 140 Km de Anapú, encontramos um grupo da Polícia Federal que estava hospedado no mesmo hotel que o nosso. Eles nos informaram que até a própria PF fica pouco a vontade na região. Segundo um dos policiais do grupo, até um comboio da PF tinha sido vítima de ataque naquele município. Parece que em certas regiões do Brasil a “lei da bala” ainda é forte.

A imagem abaixo ilustra bem os riscos de se lutar pela preservação ambiental em alguns recantos brasileiros.


 

 

Placa em homenagem a irmã Dorothy vira alvo de tiros em Anapú/PA. Foto: Dener Giovanini