Mapeamento mostra transformações do uso do solo no Brasil neste século

Mapeamento mostra transformações do uso do solo no Brasil neste século

Ferramenta permite observar como se deram as transformações do território entre 2001 e 2015; veja algumas imagens possíveis de se obter com a técnica

Giovana Girardi

28 Abril 2017 | 11h51

Publiquei hoje no Estado reportagem sobre o lançamento do Mapbiomas, mapeamento inédito feito no Brasil que mostra a evolução do uso e cobertura do solo em todos os biomas do Brasil no século 21.

Neste post, compartilho alguns resultados que são possíveis obter com a plataforma. Ali dá para checar quanto em cada pedaço de 30 x 30 metros do País há de floresta, pastagem e agricultura, por exemplo, e ver como isso vem mudando ao longo do tempo. Dá para fazer o recorte por Estado, município e bioma.

A imagem abaixo mostra a evolução do mangue de Guapimirim, na borda direita da Baía de Guanabara, no Rio. Na comparação entre 2001 e 2015 é possível ver onde o que houve de perda (observe os pontos vermelhos), de ganho e o que se manteve igual. Em todo o País, o trabalho calculou que os manguezais tiveram uma perda líquida de 20% neste período.


No infográfico abaixo, há exemplos de recortes feitos para o Pantanal, que perdeu 13% de campos naturais, e da Mata Atlântica, que ganhou quase 2,5 milhões de hectares.

Comparações desse tipo e muitas outras podem ser feitas no site. Veja aqui.

Mais conteúdo sobre:

ManguesDesmatamento