Branqueamento de corais ameaça turismo da Austrália

Branqueamento de corais ameaça turismo da Austrália

Giovana Girardi

22 Junho 2016 | 07h00

No começo deste ano, a Grande Barreira de Corais da Austrália sofreu o mais severo processo de branqueamento desde que começou a ser feito o registro. O problema, causado principalmente pelo aquecimento global, já causou a morte de 22% do recife inteiro, sendo que 85% do problema ocorreu no extremo norte, entre a ponta do Cabo York e ao norte da Ilha Lizard. Um estudo calculou que além da perda para o ambiente, o embranquecimento dos corais pode causar uma queda no turismo australiano.

Entre os entrevistados, 55% dos chineses, 35% dos americanos, 27% dos britânicos disseram que eles ficariam mais propensos a visitar outro país se o embranquecimento continuar. A estimativa dos pesquisadores é que até 1 milhão de turistas deixariam de visitar o local, causando uma perda de US$ 900 milhões e pondo em risco 10 mil empregos.

Veja na galeria de fotos abaixo mais detalhes da pesquisa.